Será que vinga?

10 Jan

Finalmente, depois de muita enrolação, eu fiz um blog. Sempre falava em fazer um, mas não passava daí. Consegui.

Vou deixar um textinho (“textinho”  porque é pequeno e não porque estou desmerecendo-o) que li ontem antes de dormir.

Por enquanto fica assim mesmo até eu aprender  e conseguir escrever num blog.

 

Odes I, 11

Não me perguntes, pois é proibido, que fim darão, Leocono, a ti e a mim os deuses;

nem em adivinhações ao modo babilônico confies.

Enfrenta o que cruzar o teu caminho.

Quer tenhas pela frente ainda muitos invernos, quer fustigue já a costa do mar Tirreno o último que Júpiter há de te dar, sê sábio, bebe vinho, e espera pouco.

Neste mesmo instante em que falamos, o invejoso tempo de nós já foge.

Aproveita o dia, confia no amanhã somente o mínimo.

 

(Tentar prever o que o futuro te reserva não leva a nada. Mãe de santo, mapa astral e livro de autoajuda é tudo a mesma merda. O melhor é aceitar o que de bom ou mau acontecer. O verão que agora inicia pode ser só mais um, ou pode ser o último – vá saber. Toma o teu chope, aproveita o dia, e quanto ao amanhã, o que vier é lucro).

 

Anúncios

6 Respostas to “Será que vinga?”

  1. André 10 de Janeiro de 2011 às 18:17 #

    Amor…eu serei o seu maior e mais fiel leitor…sempre estarei aqui pra apreciar o que vc escreve…adorei o texto…tem bem a cara das suas leituras mesmo.

    Te amo muito..e espero que vc escreva sempre!!!

    Seu Dd´

  2. GiLmaR 10 de Janeiro de 2011 às 18:37 #

    Melzinha…
    Tá realmente a sua cara!!!
    Sempre achei q a sua área era jornalismo ou Publicidade, algo assim… mas fazer o q ne??? heheheh
    Muito legal o q vc escreve…
    bjaum…

  3. Ana 10 de Janeiro de 2011 às 21:54 #

    Otimo começo mel !
    Te amo !

    =*

  4. Cirlene 11 de Janeiro de 2011 às 20:57 #

    Minha Melsíssima…

    Está lindo… muito lindo…

    Não é de admirar que esteja lindo…

    Pois é a expressão do seu interior…de tudo aquilo que você cultiva no seu dia-a-dia.

    Um mega abraço!

    deixo aqui uma música que conheci a partir de você e que amo muito, para celebrar este momento:

    Paciência
    Lenine
    Composição: Lenine e Dudu Falcão
    Mesmo quando tudo pede
    Um pouco mais de calma
    Até quando o corpo pede
    Um pouco mais de alma
    A vida não para…

    Enquanto o tempo
    Acelera e pede pressa
    Eu me recuso faço hora
    Vou na valsa
    A vida é tão rara…

    Enquanto todo mundo
    Espera a cura do mal
    E a loucura finge
    Que isso tudo é normal
    Eu finjo ter paciência…

    O mundo vai girando
    Cada vez mais veloz
    A gente espera do mundo
    E o mundo espera de nós
    Um pouco mais de paciência…

    Será que é tempo
    Que lhe falta para perceber?
    Será que temos esse tempo
    Para perder?
    E quem quer saber?
    A vida é tão rara
    Tão rara…

  5. André Araújo "Mackaulay" 19 de Janeiro de 2011 às 12:06 #

    Amorrr……100…logo 1000….yeis!

    • Mel . 19 de Janeiro de 2011 às 12:24 #

      Uuuuullll!!! E muito disso é mérito seu! Te Amo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: